Atendimento

Xaxim - (41) 3078-4444

Procure

Dúvidas para financiar

A compra de um imóvel é sempre um passo muito importante na vida de qualquer família, mas na maioria das vezes, não temos o valor total do bem que desejamos adquirir e precisamos contar com um financiamento bancário.

Pensando nisso, descrevemos abaixo as perguntas mais freqüentes sobre este tema e nos colocamos a disposição para o esclarecimento de qualquer dúvida adicional.

Por onde iniciar minha pesquisa sobre financiamento imobiliário?

Podemos lhe afirmar que após ler esse texto com perguntas e respostas mais freqüentes, serão poucas ou nenhuma duvida que lhe restará a sanar, mas para o caso de alguma duvida não tiver a resposta aqui, estamos a sua disposição para responde-la, através do email hartmann@hartmannimoveis.com.br, pessoalmente em nosso escritório ou pelo fone abaixo: XAXIM: Rua Francisco Derosso, 3645 - Xaxim - Curitiba (41) 3078-4444

Quanto posso financiar?

O financiamento imobiliário leva em consideração os seguintes itens para determinar o valor a ser financiado pelo futuro mutuário:

  • Valor do imóvel: os agentes financeiros, de modo geral, limitam o financiamento imobiliário a 80% do valor de compra e venda ou da avaliação do imóvel a ser adquirido, prevalecendo o menor valor entre os dois citados;
  • A renda familiar é outro determinante no quesito valor a ser financiado, pois é possível comprometer com a parcela de financiamento no máximo 30% da renda familiar bruta;
  • Outros compromissos já assumidos podem baixar o percentual do comprometimento acima, como financiamento automotivo, nesses casos a prestação máxima a ser assumida no financiamento imobiliário deve ser a somada ao financiamento automotivo e juntas comprometer 30% da renda familiar.

Porém, é permitida a composição da renda entre os adquirentes, de acordo com o normativo de cada agente financeiro. A renda mínima para o financiamento depende de cada instituição financeira.

Existem valores máximos e mínimos para financiamento?

Os valores mínimos e máximos variam de acordo com a instituição financeira escolhida. De maneira geral, os valores mínimos são em torno de R$ 15 mil e o máximo em torno de R$ 700 mil.

Qual o melhor banco para financiar o meu imóvel ?

A escolha da instituição financeira, depende de alguns fatores, tais como: o valor do imóvel, a sua faixa de renda, o valor de entrada e o prazo escolhido para o pagamento do financiamento. Após a escolha do imóvel,faça algumas simulações e escolha a instituição que lhe ofereça o melhor pacote. A equipe da Hartmann pode te orientar com esta escolha.

Qual a renda necessária para financiar um imóvel ?

A prestação do financiamento deve comprometer no máximo 30% da renda bruta mensal familiar. A avaliação da instituição financeira, considerará outros financiamentos adquiridos pelo financiado dentro dos 30% considerados para este comprometimento de pagamento, como por exemplo, financiamento automotivo.

Qual a idade máxima para eu poder fazer um financiamento imobiliário?

A idade limite para fazer o financiamento se dará pela seguinte soma: Idade do mutuário + prazo de financiamento = 80 anos Exemplo: uma pessoa com 68 anos, poderá assumir um financiamento num prazo máximo de 12 anos, de maneira que a soma da sua idade e prazo de financiamento chega aos 80 anos.

Eu consigo financiar o valor total de um imóvel, ou seja 100% do seu valor ?

Só é possível financiar 100% do valor do imóvel, se o imóvel, sua avaliação pelo agente financeiro e a sua renda se enquadrarem dentro do programa “Minha casa, minha vida”. Nos demais casos, é preciso ter pelo menos 20% do valor do imóvel e a maioria das instituições financeiras, financiam os outros 80% mediante a aprovação do seu crédito.

Como faço minha comprovação de renda?

comprovação de renda

Acabei de sair de uma empresa e comecei a trabalhar em outra, posso fazer um financiamento bancário?

Sim, desde que a empresa atual forneça uma declaração dizendo que você não esta em experiência e nem em estagio probatório.

É possível fazer transferência do financiamento bancário para outra pessoa?

Sim. A transferência do financiamento somente será possível mediante a concessão de um novo financiamento ao solicitante, que terá como base política de crédito e legislação vigentes à época da concessão. O cálculo da renda mínima necessária está condicionado às variáveis da nova operação, tais como: valor do financiamento, idade do proponente e ao valor de avaliação do imóvel e renda.

Se já tenho um imóvel financiado, posso financiar outro?

Sim, desde que você comprove renda suficiente para assumir ambos os financiamentos, e que o novo financiamento se enquadre na política de crédito vigente.

Posso financiar um imóvel que não esteja 100% averbado no registro de imóveis?

Sim, desde que a parte que não esteja averbada seja passível de averbação e não ultrapasse 20% do total da área construída, para isso temos que solicitar uma avaliação do setor de engenharia da instituição financeira escolhida.

Só consigo utilizar meu FGTS pela Caixa Econômica Federal ?

Não, você pode utilizar seu FGTS mesmo que opte por outras instituições financeiras, desde que as regras para o seu uso sejam respeitadas.

Posso utilizar meu FGTS para a aquisição de qualquer imóvel?

Para o uso do FGTS existem algumas regras, são elas:

  • O imóvel tem que se destinar ao uso residencial;
  • O imóvel ora adquirido deve estar situado no município onde você (comprador) exerce sua ocupação principal, ou em município limítrofe, ou pertencente à mesma região metropolitana;
  • Caso o imóvel não atenda a condição anterior, ou seja, está em outra cidade, é necessário comprovar residência na cidade onde se localiza o imóvel a pelo menos um ano;
  • O comprador tem que ter pelo menos 36 meses de opção pelo FGTS;
  • Não se pode utilizar o FGTS quando se é proprietário de mais de 50% de um imóvel residencial na cidade onde se está comprando, ou proprietário de um imóvel residencial financiado pelo Sistema Financeiro de Habitação em qualquer parte do território nacional.
  • O  imóvel se usado deve estar em condições para moradia e não poderá ter sido adquirido pelo vendedor com recursos do FGTS, nos últimos três anos.

Na compra de imóveis novos (sendo o seu primeiro), de maneira geral não há problemas no uso do FGTS desde que ele esteja legalizado e com habite-se.

Somente posso utilizar o FGTS na aquisição de um imóvel se for financiar alguma parte do mesmo?

Não, você pode utilizar seu FGTS na modalidade chamada aquisição total, onde você paga diretamente ao vendedor o valor de entrada e utiliza se FGTS para quitar o saldo, ou ainda, se você tiver em sua conta de FGTS o valor total do imóvel, pode utilizá-lo 100% para a aquisição.

Posso utilizar o FGTS para amortizar o Financiamento Imobiliário ?

Sim, desde que o financiamento se enquadre nas regras da SFH você pode utilizar para amortização extraordinária do saldo devedor, com opção para redução do valor da prestação ou para redução do prazo contratual.

Porém, o limite máximo do valor do imóvel é de R$ 750.000,00.

Quanto tempo leva para a aprovação do meu processo de financiamento?

A pré-aprovação do crédito leva em média 10 dias e o processo todo de aprovação entre 30 a 40 dias na média.
Atenção: Para adquirir um financiamento bancário, você não pode ter nenhum tipo de restrição cadastral.

Quais as despesas que terei quando for adquirir meu novo imóvel?

ITBI – Calculado sobre a avaliação do imóvel pela prefeitura do município onde se encontra o mesmo, para Curitiba e região metropolitana varia entre 2% a 2,4%.
FUNREJUS – Calculado sobre o valor de compra e venda:

  • Imóveis com área total de até 70m² – Isento.
  • Imóveis com área total acima de 70m² – 0,2%
  • Funcionários públicos estaduais são isentos deste tributo.

CARTÓRIO DE REGISTRO DE IMÓVEIS – R$ 1.000,00 – em média.
SERVIÇOS DE DESPACHANTE – R$ 650,00 – em média
DESPESAS COM CERTIDÕES E OUTROS DOCUMENTOS – R$ 250,00 – em média
TAXA BANCÁRIA – 1% sobre o valor financiado + seguros obrigatórios – em média
*Valores e percentuais estabelecidos para a cidade de Curitiba/PR e região metropolitana.

Quais os documentos necessários para a abertura de um processo de financiamento?

A lista de documentos varia de acordo com o estado civil do comprador, origem de rendimentos, modalidade de financiamento, além da instituição financeira escolhida.
Descrevemos abaixo a lista básica de documentos para a abertura de qualquer processo:

  • RG e CPF – 01 cópia simples e 01 cópia autenticada (do casal);
  • Certidão de casamento ou nascimento ou união estável – 01 cópia simples e 01 cópia autenticada;
  • Imposto de Renda com recibo de entrega – 01 cópia simples (do casal, quando houver);
  • 06 últimos contracheques;
  • 03 últimas contas de água ou luz com as autenticações de pagamento;
  • Carteira de trabalho – das páginas preenchidas – 01 cópia simples (do casal);
  • Modelo de declaração do empregador original preenchida pela empresa que trabalha o comprador (do casal)* ;
  • Ficha cadastro – Uma via (para cada um do casal, quando houver) – Preenchida e assinada*.

*Na abertura do processo conosco, nós fornecemos os modelos de declaração e ficha cadastro.